Como economizar na compra do material escolar

Seja no início do ano ou no meio dele, você sempre pode economizar na compra do material escolar. Um pouco de planejamento pode fazer uma enorme diferença para o seu bolso.

Principalmente no início do ano os pais sofrem com as enormes listas que chegam dos colégios, solicitando uma série de livros e de materiais para serem usados pelos filhos durante o ano letivo. Justamente nesta época do ano, onde o dinheiro é bem mais curto por conta da maior quantidade de impostos a pagar.

Até para quem ainda não tem filhos, mas estuda, sabe como é precisar arrumar uma forma de economizar no material escolar para o orçamento fechar no final do mês.

Felizmente, com um pouco de paciência, é possível economizar um bom dinheiro. Existem ferramentas para isso e deixaremos a seguir algumas dicas que podem lhe ajudar com este processo.

O que fazer para economizar na compra do material escolar

Economizar na compra do Material Escolar

O primeiro passo ao receber a lista de material é analisá-la e verificar se tudo o que foi solicitado está dentro da lei. Existem itens que não podem ser solicitados aos pais. Veja alguns exemplos:

  • Álcool
  • Algodão
  • Água Mineral
  • Botões
  • Canetas para lousa
  • Barbante
  • Bastão de cola quente
  • CD, DVD e outras mídias
  • Clipes
  • Cartuchos e toners para impressora
  • Fitas dupla face e durex
  • Etiquetas diversas
  • Grampeadores e grampos
  • Material de limpeza
  • Material de escritório em geral
  • Papel Higiênico
  • Material para retroprojetor
  • Talheres descartáveis
  • Pincel Atômico
  • Papel em geral

Resumindo, nenhuma escola pode solicitar aos alunos materiais de uso coletivo, materiais de limpeza, materiais de uso administrativo e também não pode cobrar nenhuma taxa extra de material escolar.

Alguns tipos de materiais como cartolina, papel crepom, por exemplo, poderá até ser solicitado pela escola. Porém este uso deve ser justificado e a atividade deve estar prevista no plano de execução.

A instituição também não pode exigir marca ou obrigar que todo o material seja comprado em uma loja específica.

Separe um orçamento dentro do possível

Antes de sair para as compras, faça as contas e veja quanto você poderá gastar. Decida também como será o pagamento. Teremos como pagar à vista? Podemos parcelar? Em quantas vezes? Qual o valor máximo da parcela? Coloque tudo no papel e tome cuidado para não se enrolar e não gastar mais do que pode.

Saber o máximo que se pode gastar facilita na hora de pesquisar os preços.

Reaproveite o material do ano anterior

No final do ano letivo, separe todo o material que ainda tem condições de ser reaproveitado no ano seguinte. Como uma boa parte do material costuma ser reposta durante o ano, é provável que no final do ano letivo muita coisa ainda esteja em boa qualidade. O mesmo vale para os uniformes.

Dependendo da quantidade de itens a serem reaproveitados, a economia pode ser considerável.

Faça pesquisa de preços em diversas lojas

O tempo hoje é escasso para todos, mas tente encontrar um espaço para realizar uma pesquisa de preços em ao menos três papelarias. Um mesmo caderno pode ter uma diferença de 200% entre papelarias diferentes.

Como economizar na compra do Material Escolar - Variação de Preço

Use também a internet. Lojas online costumam oferecer preços muito bons. Se tiver como aguardar a entrega, pode valer a pena. Uma outra vantagem das lojas online é a economia de tempo. Você não se desgasta entre deslocamentos e por muitas vezes também acaba economizando combustível, dinheiro de passagem e gastos com estacionamentos.

Papelarias online:

Experimente também outras marcas

Todos nós temos uma marca favorita, de confiança. Mas, existem outras marcas no mercado que oferecem ótima qualidade por um preço competitivo. É claro que você também precisa avaliar a marca. Mais uma vez, use a internet a seu favor para pesquisar.

Se possível, não leve as crianças

Faça o máximo para não levar as crianças para as compras de material escolar. Elas sempre irão escolher materiais com personagens que são bem mais caros que os convencionais. Caso não tenha como deixar as crianças em casa, converse antes e negocie na hora de comprar o material.

Compre no atacado

É possível conversar com outros pais e combinar a compra de itens no atacado. Papelarias especializadas neste ramo oferecem bons descontos para compra em quantidade.

Faça uma poupança

Durante o ano, tente guardar algum dinheiro em uma reserva para economizar na compra do material escolar. Geralmente quando se paga à vista, as empresas tendem a dar descontos maiores. Você fica com uma margem maior para negociações.

Economizar na compra do Material Escolar

Tente antecipar as suas compras

Durante os meses de Dezembro ou Junho, os preços nas papelarias tendem a ser mais baixos. Já nos meses de Janeiro, Fevereiro, Março e Julho, o principal período de volta às aulas, as papelarias realizam aumentos consideráveis.

Compre aos poucos

Nem todo o material será usado imediatamente. Para não comprometer seu orçamento, compre apenas o que será extremamente necessário para o início das aulas e vá comprando os demais itens posteriormente.

Faça trocas

Hoje existem diversos grupos em redes sociais de pessoas que estão dispostas a trocar livros e outros itens. Geralmente é possível encontrar material em ótimo estado e economizar um bom dinheiro.

São dicas comuns, mas elas podem te ajudar a economizar na compra do material escolar. Desta forma, você pode investir esta economia em outros itens para sua família.

1 comentário em “Como economizar na compra do material escolar”

Deixe um comentário