Qual o melhor banco para abrir conta poupança

Qual seria o melhor banco para abrir conta poupança? Esta é uma pergunta comum entre quem está pensando em guardar umas economias ou então apenas abrir uma conta bancária para realizar compras e e depósitos.

Todos os bancos possuem vantagens e desvantagens. Cabe ao cliente, conhecer todas as instituições e verificar qual pode atender melhor as suas necessidades.

O país possui cinco grandes bancos que lideram a carteira de clientes. São eles: Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Itaú, Bradesco e Santander. Os dois primeiros são bancos públicos e tendem a oferecer um serviço “mais barato” para o cliente. Mas quem já tem relacionamento com os particulares, também pode conseguir boas vantagens.

Quais as vantagens de abrir uma conta poupança?

A conta poupança é uma conta isenta de tarifas na maioria das vezes. Os bancos não cobram mensalidades, mas ela pode ter limites para saques e transferências. Geralmente são permitidos até quatro saques e quatro transferências gratuitas no mês. Acima disso, é cobrado um valor. Mesmo assim, para quem quer apenas utilizá-la para investir dinheiro, é uma boa alternativa pois não tem cobrança de mensalidades e é isenta de imposto de renda. Basta apenas declarar rendimentos acima de R$40 mil reais.

A poupança é um investimento seguro, bom para pequenos investidores que não querem ou não podem correr riscos. Na poupança também o titular pode resgatar o dinheiro sempre que precisar.

Melhor banco para abrir conta poupança

Melhor banco para abrir conta poupança

Eu recomendaria Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal. Estes dois bancos possuem as menores tarifas para movimentação da conta (caso ultrapasse o pacote básico) e não exigem depósito inicial.

Outros fatores que o cliente pode levar em conta para escolher o seu banco:

  • Quantidade de agências para atendimento
  • Qualidade do atendimento nas agências
  • Disponibilidade de caixas eletrônicos
  • Quantidade de agências nas cidades que você mais frequenta
  • Quantidade de reclamações (Use o site Reclame Aqui para pesquisar sobre os bancos)

Não adianta nada abrir uma conta em um banco que possui poucos caixas eletrônicos, por exemplo. Ou ainda que não tem nenhuma agência próximo a sua residência ou trabalho.

A questão do depósito inicial

Nos bancos particulares pode acontecer ou não a solicitação de um depósito inicial para abertura de conta. Em uma agência do Santander da minha cidade, fui informada pelo gerente que haveria a necessidade de um deposito de R$500 para abertura da conta. O Bradesco pediu R$100. Já um outro editor do blog conseguiu abrir uma poupança no Bradesco sem realizar nenhum depósito.

Pelo que conseguimos entender é que não existe uma regra definida pela instituição. Fica a cargo da gerência definir se cobra um depósito inicial do cliente ou não.

Como abrir uma conta poupança

Depois de encontrar o melhor banco para abrir conta poupança, é hora de abrir a conta em si. O procedimento é muito simples. Basta ir até a agência com documento de identidade oficial, CPF e comprovante de residência. Não há necessidade de apresentar comprovante de renda para abertura de conta poupança.

Dá para abrir conta em casas lotéricas?

Sim, é possível abrir a conta Caixa Fácil, da Caixa Econômica Federal em qualquer casa lotérica credenciada. Porém, esta conta Caixa Fácil tem um limite de movimentação mensal de R$3.000,00 (três mil reais). Se pretende guardar um valor maior, o ideal é que você vá até uma agência da Caixa para abrir sua conta. Para aqueles que mesmo assim preferirem a abrir a conta nas lotéricas, basta apresentar identidade e CPF.

Conclusão

Não existe um melhor banco para abrir conta poupança. O cliente deve procurar aquele que melhor lhe atende. Aquele que é melhor pra mim, pode não ser bom para você que mora em outra cidade. O ideal é fazer a sua pesquisa e escolher aquele que pode melhor lhe atender.

Se após um período como cliente, não ficar satisfeito, não hesite em levar sua conta para outra instituição. Não se prenda a marcas. Hoje em dia, devemos levar sempre em consideração aquilo que é melhor para nós, não para os banqueiros.

Deixe um comentário